Indicações de filosofia política!

Por Rafaela Cury Silveira

A ideia da coluna é trazer indicações literárias feitas pelos professores da Faculdade de Direito do Mackenzie. Os livros abordados serão aqueles que os docentes consideram essenciais para a formação profissional e também pessoal dos estudantes, ou seja, podem ser obras tanto jurídicas como não-jurídicas.

Nessa edição, entrevistamos a Professora Renata da Rocha, que leciona Biodireito, Teoria Geral do Direito e Linguagem Jurídica.

Um livro importante para sua formação profissional?

“A era dos Direitos”, de Norberto Bobbio

O autor é um dos maiores pensadores da filosofia política do século XX e suas obras são essenciais tanto para o estudo do Direito, como também de todos os temas que constantemente dialogam com o mundo jurídico, como o Poder, a Liberdade e a Humanidade. Segundo a Professora, “em especial por meio da tese da historicidade dos direitos, aprendemos que os direitos não nascem todos de uma vez, nem de uma vez por todas, mas são afirmados, isto é, reconhecidos, na medida em que as sociedades se transformam cultural, economica e cientificamente”.

A obra está disponível para empréstimo na biblioteca do Prédio 45, 2º subsolo. 

 

Um livro importante para sua vida?

“O Príncipe”, de Nicolau Maquiavel

Um clássico da ciência política, o livro tem um papel fundamental na construção do conceito moderno de Estado e na discussão acerca da postura que um governante deve ter para se manter no poder. Ainda hoje é possível ver as marcas deixadas pela obra: desde a ideia de que os fins justificam os meios, tese fortemente atrelada ao autor, até a famosa frase, em tradução livre, de que “é preferível ser temido do que amado”. A influência de Maquiavel foi tão grande que seu nome virou até adjetivo.
Para a Professora, a defesa de que 50% da vida é “virtù” e 50% é “fortuna” é genial : “coloca, no meu entender, a responsabilidade pelas nossas conquistas e pelos nossos insucessos no seu devido lugar”.

A obra está disponível para empréstimo na biblioteca do Prédio 45, 1º subsolo e na biblioteca do Prédio 2.

O que está lendo hoje?

“No enxame: perspectivas do digital”, de Byung Chul Han

A obra faz uma dura crítica ao papel das redes sociais e a relação que a sociedade atual estabelece com as mídias digitais. O filósofo coreano ganhou notoriedade justamente pelo seu posicionamento radical em relação a um mundo hiperconsumista, em que tudo parece ser comerciável. Segundo a Professora, “o autor observa o quanto estamos aprisionados, dependentes, reféns dessa super exposição nas mídias digitais sociais, como somos influenciados, guiados, sempre com a falsa percepção de que estamos celebrando a liberdade e a transparência”.

 

Siga o JP3

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

Mais notícias e informações:

 

Jornal Prédio 3 – JP3, é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito do Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e escreva! Siga no Instagram!