[extraído de mackenzie.br]

Na última terça- feira, dia 19 de novembro, o auditório Escola Americana do campus Higienópolis do Mackenzie recebeu a Cerimônia de Homenagem aos Fundadores e Refundação da Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito (FDir), da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Três importantes juristas foram os homenageados da noite: Álvaro Villaça Azevedo, antigo aluno, professor e ex-diretor da FDir; Jeremias Alves Pereira Filho, professor emérito da Universidade; e Eros Roberto Grau, antigo aluno, professor e ex-ministro do Superior Tribunal Federal (STF).

O presidente da Associação dos Antigos Alunos, Felipe Righetti Ganança, explica a importância da refundação. “Quando foi fundada, na década de 70, a associação tinha a intenção de ser um polo agregador dos antigos alunos e, assim, poder contribuir com o nome do curso. Isso se mantém até hoje, queremos resgatar esses objetivos”, conta. Felipe ainda comenta que um dos principais projetos nessa nova fase da entidade é a criação de um fundo patrimonial de apoio à pesquisa científica. “A ideia é que quando esse fundo já tiver alguns recursos, ele fique à disposição do próprio Mackenzie para investir em pesquisas ou financiamento de outras linhas de infraestrutura”, falou.

A professora Lilian Regina Pires, que presidiu a mesa da noite, destacou, ao reunir várias gerações de mackenzistas da FDir, que dessa forma a história é mantida e esse encontro se torna um resgate de momentos, de pessoas e da própria instituição.

Também esteve na cerimônia o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE/SP), o desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin. Para ele, toda homenagem tem um significado de fixação da memória, o que permite, nesse caso, um maior entendimento da relação aluno e Universidade. “Fazer com que esse vínculo seja permanente e possa evoluir, contribuir para o meio universitário, então a Associação, como uma entidade que se destina a essa continuidade, é algo bastante significativo”.

O ex-ministro do STF e um dos homenageados, Eros Roberto Grau, falou sobre a alegria de voltar ao Mackenzie e ser nomeado como presidente honorário da Associação. “Aqui foi o meu chão desde o primário até a Faculdade de Direito e, depois, como professor,  então para mim é de uma alegria imensa”.

Por motivos de saúde, o homenageado Jeremias Alves não compareceu e foi representado pelo filho. Entre as autoridades presentes, estavam o reverendo Francisco Creti Neto; professor Flávio de Leão Bastos Pereira, que representou o diretor da FDir, Felipe Chiarello; e Gustavo Pereira, presidente do Centro Acadêmico João Mendes Junior.

Link original da matéria aqui.

csm_direito_homenagem_a04e3b4038.jpg

Siga o JP3

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

Mais notícias e informações:

Jornal Prédio 3 – JP3, é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito do Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e escreva! Siga-nos no Instagram!