Por Rafaela Cury Silveira

A ideia da coluna é trazer indicações literárias feitas pelos professores da Faculdade de Direito do Mackenzie. Os livros abordados serão aqueles que os docentes consideram essenciais para a formação profissional e também pessoal dos estudantes, ou seja, podem ser obras tanto jurídicas como não-jurídicas.

Nessa edição, entrevistamos o Professor Pedro Ramunno, que leciona Direito de Empresa e Sociedades Empresárias.

Um livro importante para sua formação profissional?

“O Poder de Controle na Sociedade Anônima”, de Fábio Konder Comparato

O autor é referência nacional quando se fala em Direito Comercial. Segundo o Professor, “o livro aborda a dinâmica das relações de poder no âmbito da Sociedade por Ações e apresenta uma visão crítica da realidade, não se preocupando tão somente com uma visão positivista e pautada no racionalismo jurídico”. Conta também que a obra é um dos seus referenciais no estudo do Direito Empresarial, uma vez que possui uma abordagem direcionada ao desenvolvimento econômico e social, temas que sempre guiaram suas reflexões acadêmicas.

A obra está disponível para empréstimo na biblioteca do Prédio 45, 2º subsolo.

 

Um livro importante para sua vida?

O Professor indicou duas obras:

“O Senhor dos Ladrões”, de Cornelia Funke

O livro conta a história dos irmãos órfãos Próspero e Bo, que, ao perceberem que podem ser separados, resolvem fugir para Veneza. Lá, conhecem Scipio, o famoso “Senhor dos Ladrões”, que mora em um cinema abandonado com outros órfãos e, juntos, praticam roubos para sobreviver. O Professor relembra que “esse livro foi um dos responsáveis por criar em mim o gosto pela leitura. Além disso, sempre que me recordo de suas passagens, vem à minha mente relatos da minha avó sobre a cidade de Veneza. É uma sensação que aflora os melhores sentimentos.”

A obra ganhou uma versão cinematográfica em 2005.

 

“Como Chegar ao Sim: A negociação de acordos sem concessões”, de William Ury e Roger Fischer

A obra tem como base o Programa de Negociação de Harvard, e busca trazer estratégias para que as pessoas façam acordos mais vantajosos, como a capacidade de diferenciar a figura da pessoa com quem está se negociando, do negócio em si. O Professor conta que a partir dessa leitura ganhou diversas novas referências, que o motivaram a escrever seu primeiro livro. Além disso, a obra o ajudou a entender “o estudo da negociação e das técnicas de persuasão, em geral, como uma habilidade essencial para qualquer pessoa”. Segundo ele, “saber lidar com as pessoas e ter (verdadeira) empatia são características indispensáveis para uma realidade marcada pelo individualismo e pelo apreço por relações com resultados imediatistas. Vejo na negociação um ferramental interessante para enfrentar essa realidade”.

A obra está disponível para empréstimo na biblioteca do Prédio 45, 1º subsolo.

O que está lendo hoje?

“1Q84”, de Haruki Murakami

Por causa da rotina corrida, o Professor prefere leituras mais leves para os momentos de lazer. Ele conta que tem gostado muito de autores japoneses, sendo que acabou de terminar “1Q84”, obra dividida em três volumes. O mistério, repleto de eventos surreais, conta duas histórias paralelas que eventualmente se cruzam, envolvendo Aomame, uma professora de artes marciais e assassina, e Tengo, um professor com vontade de se tornar escritor. 

 

Siga o JP3

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

Mais notícias e informações: 

Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito do Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e escreva!