Em meio a tentativa frustrada do Presidente da República de comemorar os 55 anos do Golpe Militar de 1964 e o crescente número de pessoas que pedem o retorno do regime militar, o Núcleo de Preservação da Memória Política em parceria com o Memorial da Resistência realizará no dia 10 de agosto um debate sobre os 50 anos do DOI-CODI, um dos principais órgãos de repressão do governo brasileiro durante a ditadura militar.

O evento será realizado às 14:00 no Auditório Vitae, o qual se localiza no 5º andar do prédio do Memorial da Resistência. Além de ser gratuito, não é necessário que os interessados se inscrevam previamente. O intuito do debate é discutir a atuação desse órgão durante o regime militar brasileiro, as atuais perspectivas do prédio do DOI-CODI localizado na Rua Tutóia, 921 e as violações dos Direitos Humanos que ocorreram na mesma época.

Para o debate foram convidados Mariana Joffily, historiadora formada pela USP, Marcelo Godoy, jornalista e atual chefe de reportagem do caderno Metrópole do jornal O Estado de S. Paulo, Artur Scavone, jornalista, ex preso político e graduado em filosofia pela USP e Deborah Neves, técnica da Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico (UPPH) da Secretaria da Cultura do Estado de SP. A mediação da mesa será feita pelo Maurice Politi, diretor do Núcleo Memória.

Para mais informações sobre o evento, é possível entrar em contato por meio do telefone (11) 3335-4990 ou por meio do e-mail faleconosco@memorialdaresistenciasp.org.br.

 

Siga o JP3:

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

Mais notícias e informações:

***

Jornal Prédio 3 – JP3, é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito do Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e escreva! Siga no Instagram!