AMOR IMPERFEITO

Não tenha de mim, quiçá, o amor que queiras;

Amor grande, não cabe num ser só

Forte como rocha e leve igual poeira

Liberto e frouxo sem ter nenhum nó.

Mas o amor não é assim, musa feminina
Tem lá suas severas complicações
Exemplo das duras implicações:
Deixa-te em paz e furta a dopamina.

Clareia o negrume do anoitecer
Escurece o resplandecer do dia
E pra que forcejar isso entender?

Cheio de modéstia e muito soberbo
Não há amor perfeito, minha alegria,Somente no pretérito do verbo.
alemack

Escrito por Maycon, membro da ALEMack

Postado por Rafael Almeida

Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

Mais notícias e informações:

Jornal Prédio 3 – JP3, é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito do Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e escreva! Siga-nos no Instagram!