Por Carlos Roberto Parra

“O Planeta dos Macacos” é um romance escrito em 1963 pelo francês Pierre Boulle, posteriormente adaptado para o cinema em 1968 e readaptado em 2011. Pode-se dizer que o livro conta uma história dentro de uma história, isto é, a principal trama do livro é desenvolvida no texto encontrado pelo casal Jinn e Phillys em uma garrafa flutuante, contando a história do pesquisador e viajante espacial Ulysse Mérou em sua aventura no sistema da estrela Betelgeuse. Assim como o filme, o livro é conhecido pela reviravolta ao final (por que a gente usa plot twist quando tem “reviravolta” no vocabulário?”).

Em linhas gerais, Ulysse Mérou e seus companheiros de viagem, Arthur Levain e Professor Antelle, realizam uma expedição espacial até o sistema da estrela Betelgeuse, onde encontram um planeta aparentemente habitável, resolvendo pousar em sua superfície a fim de examinar a possibilidade de vida. Ao se aproximarem, percebem que não apenas há vida vegetal, explícita na presença de grandes florestas, mas também vida inteligente, pois havia também cidades. A grande surpresa dos viajantes é descobrir que, na verdade, os construtores das cidades que viram eram macacos e os humanos não passavam de animais irracionais, completamente selvagens e destituídos de qualquer personalidade.

O que acontece a partir daí é suficiente para levantar questões como “o que nos faz humanos?”, “podemos perder nossa humanidade?” e, é claro, os questionamentos fundamentais: de onde viemos? Para onde vamos? Por que estamos aqui? A obra, entretanto, não se propõe a responder essas perguntas e a apreciação da história é, também, perfeitamente possível sem maiores aprofundamentos filosóficos. A leitura é simples e fluida, algo próximo de 200 páginas, e as descrições dão uma ótima ambientação sem deixar os detalhes maçantes.

Se você está procurando uma boa ficção científica para passar o tempo, “O Planeta dos Macacos” é a pedida certa!

Publicado Por Carlos Roberto Parra


Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e informações: 


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe!