Indicações para entender um mundo globalizado!

Por Rafaela Cury Silveira

A ideia da coluna é trazer indicações literárias feitas pelos professores da Faculdade de Direito do Mackenzie. Os livros abordados serão aqueles que os docentes consideram essenciais para a formação profissional e também pessoal dos estudantes, ou seja, podem ser tanto obras jurídicas como não-jurídicas.

Nessa edição, entrevistamos a Professora Ana Cláudia Ruy Cardia Atchabahian, que leciona Direito Internacional Privado.

Um livro importante para sua formação profissional?

“Direito Internacional em Perspectiva Transcivilizacional”, de Onuma Yasuaki

O livro convida os leitores a duvidarem da perspectiva do direito internacional que normalmente é tomada como verdadeira, e, dessa forma, abre espaço para uma análise em um âmbito mais amplo do que simplesmente o olhar ocidental e do norte global. Para a Professora, “a ideia de que a disciplina deve considerar outros olhares para ser mais inclusiva me fez ter coragem de questionar o atual modelo vigente e trazer essa perspectiva também às alunas e aos alunos em sala de aula”.

A obra está disponível para empréstimo na biblioteca do Prédio 45, 2º subsolo. 

1.jpg

 

Um livro importante para sua vida?

“Ensaio sobre a cegueira”, de José Saramago

Romance indispensável para quem quer conhecer a bibliografia do autor, que recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1998. A obra narra uma situação hipotética em que uma epidemia se espalha e torna todas as pessoas cegas, com exceção de uma única mulher. Com isso, cria-se um estado de caos completo, em que as pessoas deixam de lado sua civilidade e são capazes de tudo para garantir sua sobrevivência. Saramago propõe uma reflexão profunda sobre a condição humana e a sociedade moderna, pois as circunstâncias hostis causadas pela epidemia, aos olhos do autor, serviram apenas como impulso para externizar uma cegueira que já era intrínseca à nossa sociedade. A Professora conta que leu a obra quando ainda estava no ensino médio, e que hoje é seu livro preferido: “Me abriu os olhos para a natureza humana e me fez ver que não apenas podemos – mas devemos! – partir sempre de uma perspectiva de empatia e compaixão, pois é a cooperação que nos faz sair dos piores momentos de cegueira (e não o mero instinto e a consequente violação de direitos alheios por meio do uso da força)”.

A obra está disponível para empréstimo na biblioteca do Prédio 2.

2.jpg

 

O que está lendo hoje?

“O momento de voar”, de Melinda Gates

A Professora fala de Melinda Gates com muita admiração. Economista e filantropa, Melinda não se contentou em ser apenas “a esposa de Bill Gates”, e usa de toda sua fortuna e privilégios para viajar o mundo e lutar contra a desigualdade social. Em seu livro de estreia, a autora fala sobre como o empoderamento feminino pode, de fato, mudar a realidade de diversas mulheres, uma vez que essas são oprimidas em todas as esferas da vida. Por essa razão, é essencial que a sociedade se junte na busca por igualdade, que vai desde a possibilidade do planejamento familiar até o papel da mulher no mercado de trabalho. Segundo a Professora, “o que mais me marca neste livro é que Melinda defende causas que muitas vezes poderiam ser criticadas por mulheres ocidentais (como o uso da pílula anticoncepcional para evitar a gravidez, por exemplo), mas ela as defende justamente por ver os problemas a partir das lentes das pessoas vulneráveis, tendo empatia e buscando, em paralelo, o autoconhecimento. Estou amando o livro e super recomendo!”

Resultado de imagem para o momento de voar


Siga o JP3

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

 

Jornal Prédio 3 – JP3, é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito do Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e escreva! Siga no Instagram!