Por Larissa Sousa

A vacinação de jovens entre 25 e 21 anos, na cidade de São Paulo, a partir do dia 09 de agosto de 2021, segunda-feira, faz com que, ao mesmo tempo, os paulistanos e os brasileiros como um todo tenham um gostinho de esperança que, infelizmente, foi escasso nos últimos tempos. Em contrapartida, essa questão também faz com que nós tenhamos que refletir sobre o papel da vacina na sociedade, e sobre como, apesar da imunização, as medidas de contenção ainda serão necessárias durante um bom tempo.

O Estado de São Paulo alcançou a meta de 80% da população adulta vacinada, fazendo com que fossem instaladas novas medidas de flexibilização da quarentena, as quais já vinham sendo gradualmente aplicadas, como ampliação do horário de funcionamento dos comércios e ampliação da porcentagem de ocupação dos restaurantes. Por isso, olhando pelo lado da população que, teoricamente, está praticando as medidas de isolamento social desde março de 2021, tais medidas de flexibilização mostram-se, de certa forma, necessárias para a retomada do convívio social em moldes semelhantes ao mundo que conhecíamos antes da pandemia, gerando também o necessário reaquecimento da economia, imensamente prejudicada pelo COVID-19.

Entretanto, como todo brasileiro que está efetivamente prestando atenção à realidade, o “teoricamente” mencionado anteriormente não foi colocado em prática, posto que as aglomerações nunca deixaram de existir durante a pandemia. Ainda, com as medidas de flexibilização, tal cenário tende a se agravar ainda mais. Se, ao menos, as pessoas que não praticaram o distanciamento social da maneira correta, utilizassem a máscara da maneira apropriada, o prospecto não seria tão ruim. Todavia, partindo do pressuposto de que muitos brasileiros consideram a máscara um acessório de uso dispensável, a flexibilização da quarentena tende a gerar uma piora da pandemia, mesmo com o avanço da vacinação.

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/08/03/vacinacao-covid-19-coronavirus-03-de-agoato.htm

Isso porque, além do uso incorreto da máscara e da prática insatisfatória das medidas de prevenção, inúmeros brasileiros estão, ou optando por não se vacinar, ou por escolher determinada vacina para ser aplicada. Como já afirmado inúmeras vezes em diversas mídias ao longo do tempo, a vacinação somente funciona como política de massa, fato esse que explica o quão prejudicial pode ser a tomada da decisão em pauta. 

Assim, para que possamos superar esse período gravoso da história brasileira e mundial, faz-se necessário que toda a população vacine-se, independente do tipo de vacina disponível no momento da imunização de cada grupo etário. Ademais, é imprescindível  que haja a conscientização de que a máscara, o álcool em gel e o comportamento de evitar aglomerações ainda farão parte do nosso cotidiano por um bom tempo. 

É um sacrifício que é nosso dever, não apenas como seres humanos que sobreviveram (e querem continuar sobrevivendo) a uma pandemia, mas também como filhos, irmãos, amigos, mães e pais. Além disso, ao nos protegermos contra o COVID-19, não estamos apenas protegendo a nós e a quem amamos, mas também todos aqueles que não conhecemos, mas que gostaríamos que também estejam pensando nesta atitude coletiva, e, consequentemente, nos protegendo também.

Referência bibliográficas

“Prefeitura de SP anuncia vacinação contra Covid de pessoas a partir de 21 anos; veja calendário”, publicado no G1,em 06 de agosto de 2021[ https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2021/08/06/prefeitura-de-sp-anuncia-vacinacao-contra-covid-de-pessoas-a-partir-de-21-anos-veja-calendario.ghtml ]

“SP alcança 80% da população adulta vacinada contra covid-19”, publicado no R7, em 04 de agosto de 2021 [https://noticias.r7.com/sao-paulo/sp-alcanca-80-da-populacao-adulta-vacinada-contra-covid-19-04082021] 

“Quarentena em SP: o que muda com as novas medidas do governo?” Publicado em Exame, em 08 de julho de 2021 [https://exame.com/brasil/quarentena-em-sp-o-que-muda-com-as-novas-medidas-do governo/#:~:text=A%20flexibiliza%C3%A7%C3%A3o%20do%20Plano%20SP,pr%C3%B3ximo%20dia%2031%2C%20pelo%20menos.] 

“Vacinação em massa é principal política econômica e de saúde, diz Guedes”, Publicado na Isto é, em 31 de maio de 2021 [https://istoe.com.br/vacinacao-em-massa-e-principal-politica-economica-e-de-saude-diz-guedes/] 

“Por que usar máscaras mesmo após a segunda dose da vacina”, Publicado em Veja Saúde, em 22 de junho de 2021 [https://saude.abril.com.br/medicina/por-que-usar-mascaras-mesmo-apos-a-segunda-dose-da-vacina/]

Publicado por Larissa Sousa


Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e mais informações:


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico online dos alunos e dos antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e pela Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe!