Por Leonardo Cipriano

Em “Pequeno Manual Antirracista” a autora explora, em 135 páginas, ações que devem ser incorporadas por todos aqueles que consideram que o racismo, como um sistema de opressão, nega direitos de forma estruturada. Mostra, ainda, que não é somente uma luta de pretos e pretas, mas sim de todos e todas. Djamila Ribeiro expõe, de forma extremamente didática, que a ação antirracista é urgente e deve se dar consistentemente nas ações cotidianas. 

Estruturado em onze capítulos, o livro tem se tornado um grande instrumento na academia, marcando presença em componentes curriculares de diversas instituições, dada sua didaticidade somada às profundas propostas de reflexões e conclusões.

Conhecer e difundir este tipo de obra pode fazer com que instituições majoritariamente brancas, como por exemplo, a Faculdade de Direito do Mackenzie — onde temos somente dois professores negros como titulares — reconheçam, mesmo que a passos curtos, seus privilégios e o racismo velado que há em nós, contribuindo para a mudança do cenário.

Em grande parte dos textos que publico aqui no jornal, eu cito, mesmo que de forma indireta, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro. Conheci seu trabalho há cerca de 5 anos, quando passei a pesquisar um pouco mais sobre racismo e o movimento antirracista. Acompanhei como espectador suas viagens a trabalho representando o Brasil, assisti às suas entrevistas e li muitos de seus textos. De fato, sou um entusiasta do conteúdo e da obra de Djamila e seus impactos.

Livro pequeno em seu tamanho, mas enorme em conteúdo e reflexões propostas. Como afirma Angela Davis,  não basta não ser racista, é preciso ser antirracista. A luta é de todos!



Referência

“Pequeno Manual Antirracista”, Djamila Ribeiro (2019, Companhia das Letras)


Imagem

Aqui na Varanda

Publicado por Leonardo Cipriano


Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e mais informações:


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico online dos alunos e dos antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e pela Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e fique em casa!