extraído de mackenzie.br

Dentre os diversos efeitos da pandemia de covid-19 e a necessidade de isolamento social, o aumento no número de pessoas que ficam expostas à fome no Brasil é um dos que mais assolam a nossa sociedade. Diante deste cenário, a Chancelaria Mackenzie e suas Capelanias, com apoio do Mackenzie Voluntário, realizarão no sábado, 17 de abril, a Live Solidária – A Fome Não Espera, evento será transmitido pelo canal da TV Mackenzie no YouTube e contará com a presença de diversos artistas, esportistas e pregadores renomados, e que permitirá à comunidade mackenzista e à sociedade em geral realizar doações para ajudar no combate à fome. Mas não é preciso esperar para contribuir, por meio do link, abaixo, a ação já está recebendo doações.

De acordo com o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19, feito pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), 19 milhões de brasileiros se encontraram em situação de insegurança alimentar, ou seja, tiveram de lidar com a fome, no fim de 2020. O número equivale a 9% da população brasileira.

Além disso, com a crise econômica, também agravada pela pandemia, cresceu o número de pessoas abaixo da linha da pobreza. De acordo com estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV), 27 milhões de pessoas, ou 12,8% da população nacional, possuía uma renda per capta (renda total familiar dividida pelos integrantes da família) menor que R$ 246 mensais, índice considerado a linha da pobreza extrema. 

O chanceler do Mackenzie, reverendo Robinson Grangeiro Monteiro, ressalta que a situação pandêmica, além de gerar muitas mortes, também agrava problemas econômicos e sociais, como o aumento da violência e, por isso, é necessário tomar uma atitude. “O tecido social, já bastante esgarçado, ameaça se romper de vez se a solidariedade das pessoas e das instituições não se fizer presente”, afirma ele. 

“O Mackenzie, em todos os lugares em que atua no país, tem uma responsabilidade social e um histórico de 150 anos de contribuição solidária nos momentos mais difíceis pelos quais o país atravessou. Não seria dessa vez que a Instituição, com toda a sua credibilidade e capacidade de mobilização interna e na sociedade, poderia se omitir”, acrescenta o reverendo.

Monteiro pontua que, apesar da Chancelaria e suas Capelanias serem as organizadoras da ação, essa arrecadação é um movimento de todo o Mackenzie e seus Colégios, Faculdades, Universidade, Hospitais.

O reverendo reafirma que ser solidário nesta situação de tantos problemas sociais, é um exemplo de amor e fé. “Com o fundamento cristão confessional que temos que nos ensina que fazer o bem – ou como diz na Bíblia – ‘amar ao próximo como a si mesmo’ – é a prova real de que realmente cremos e amamos a Deus, e não apenas, fingimos ser cristãos”, enfatiza ele.

Doações abertas, participe!

As doações por meio do link (abaixo) já estão abertas e seguirão até o dia 24 de abril. Já durante toda a Live Solidária que acontecerá no dia 17 de abril, sábado, será possível realizar as doações de forma presencial, no sistema de drive-thru, quando os doadores poderão levar os alimentos e itens de higiene pessoal às unidades do Mackenzie.

Estarão abertas para doações presenciais durante a Live as unidades: Higienópolis, na cidade de São Paulo (SP); Campinas (SP); Tamboré (SP); Brasília (DF); Palmas (TO); Rio de Janeiro (RJ); Curitiba (PR), nas duas unidades, FEMPAR e HUEM; Castro (PR); e Dourados (MS), no Hospital Evangélico Dr. e Sra. Goldsby King. As unidades de Tamboré, Brasília e Palmas seguirão recebendo doações pelo drive-thru entre os dias 19 e 23 de abril. Confira os endereços de cada uma no site do Mackenzie.

As doações serão distribuídas para instituições e projetos sérios e com credibilidade que atendem pessoas que estão em vulnerabilidade social e que já possuem parceria com o IPM por meio do Mackenzie Voluntário.

“A fome não espera. Quem já passou fome na vida, ou quem conviveu com essa situação, sabe que o momento é crítico, e que a responsabilidade não pode ser transferida para os outros, num jogo cruel de empurra-empurra. É amor na prática. A participação é para demonstrar que esta causa é comum a todos nós, independentemente de qualquer ideologia política ou crença religiosa”, explica o reverendo. 

Sobre a Live

Live Solidária – A Fome Não Espera acontecerá das 13h às 18h do dia 17 de abril e será transmitida pelo YouTube, no canal da TV Mackenzie. O evento on-line contará com a participação do cantor Paulo César Baruk; do humorista Jonathan Nemer; do nadador paralímpico recordista brasileiro Daniel Dias; do goleiro de futebol Júlio César Santos, revelado pelo Corinthians, além dos renomados pregadores Augustus Nicodemus e Hernandes Dias Lopes. O reverendo Robinson Grangeiro Monteiro será o condutor da grande programação.

“É você que precisa se envolver, porque não há ninguém que não tenha algo que possa compartilhar com alguém que não tem nada. Esta causa não é do governo, não é de partido político ou da religião a, b ou c. É uma causa humanitária. Então participe conosco!” convida o chanceler.

Veja, abaixo, o link do vídeo-convite do chanceler do Mackenzie, chame seus amigos e familiares para participar e contribua como puder, pelo QR code ou pela doação direta nas unidades Mackenzie. A fome não espera, e é pelas mãos de cada um de nós que as bênçãos alcançam as pessoas mais necessitadas!

Recado do Rev. Robinson Grangeiro Monteiro para você não perder a Live Solidária- A Fome Não Espera!

DOE CESTA

Serviço
Live Solidária – A Fome Não Espera
Data:
 17 de abril
Hora: das 13h às 18h
Transmissão:TV Mackenzie no YouTube

Publicado por Lucas Pessoa Rodrigues


Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e mais informações:


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico on-line dos alunos e dos antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e pela Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe e fique em casa!