A GIZ Brasil acaba de publicar uma cartilha para discutir questões ligadas à linguagem não sexista. Conforme cartilha apresentada, a linguagem não sexista visa reverter, por meio das palavras ou estruturas escolhidas, uma situação de discriminação e ocultação das mulheres, das pessoas trans e não-binárias. Pretende evitar também a ambiguidade de certas mensagens que utilizam o masculino como forma de comunicação neutra e genérica.

Para acessar o material, clique abaixo:

Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e informações:


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe, observe e absorva!