Extraído de mackenzie.br

A Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) voltou a apresentar bons índices no THE Latin America University Ranking, levantamento feito pela Times High Education (THE) com Instituições de Ensino Superior de toda a América Latina, divulgado nesta terça-feira, 13 de julho. Além de manter a posição de melhor universidade privada no Estado de São Paulo, a UPM também avançou em três dos cinco critérios avaliados e subiu 13 posições no ranqueamento geral.   

Em 2020, além de ter sido a universidade privada paulista melhor posicionada, a UPM aparecia na 84ª colocação no ranking geral. Na edição de 2021, a instituição subiu para a 71ª posição, com nota geral de 44,7. O crescimento é atribuído à melhora nos indicadores Pesquisa (50,1), Pesquisa Aplicada (63,7) e Citações (32,2).   

“A UPM tem investido de forma constante em ensino e pesquisa e nosso desempenho no THE Ranking atesta este trabalho. Essa classificação reflete nossos esforços nos últimos anos, evidenciados para a comunidade acadêmica internacional”, celebra o reitor da UPM, Marco Tullio de Castro Vasconcelos.    

O reitor atribui essa melhora a alguns fatores, como a inserção no projeto CAPES Print, programa de internacionalização de pesquisas que indica o alto nível da inovação praticada na universidade. Além disso, Vasconcelos aponta as notas obtidas pelos cursos em conceitos e avaliações, como os conceitos 6 e 5 dados pela CAPES para os programas de pós-graduação stricto sensu, além dos excelentes resultados obtidos no ENADE pelos cursos de graduação, com taxas de empregabilidade acima da média de mercado.    

Ao todo, foram avaliadas 177 instituições, públicas e privadas, em 13 países. A primeira colocação ficou com a PUC do Chile, seguida pela USP e pela Unicamp. O Instituto de Tecnologia de Monterrey, no México, e a Universidade Federal de Minas Gerais, fecham as primeiras cinco colocações do ranking.  

Em relação ao nosso posicionamento entre as universidades privadas brasileiras no THE Ranking, continuamos sendo a quinta universidade privada brasileira e a primeira do Estado de São Paulo.

Link original da matéria aqui.

Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3

Mais notícias e mais informações: