Professora do Mackenzie participa de podcast produzido pela ONU

[extraído de mackenzie.br]

A professora Denise Neves Abade, da Faculdade de Direito (FDir) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), participou da série de podcasts organizada pelo Escritório para Drogas e Crimes da Organização das Nações Unidas (ONUDC, na sigla em inglês), chamada Education for Justice – Voices of Academia. Apenas um episódio da série foi produzido em português e a mackenzista foi a única acadêmica brasileira a participar. 

“Foi uma grande honra ter sido convidada para participar do projeto. Fiquei muito feliz em integrar um programa tão inovador, que reconheceu o trabalho que venho desenvolvendo, em que sempre busquei enfatizar que a efetividade do Direito Penal tem como premissa a defesa e proteção de direitos humanos e fundamentais”, afirma Denise que, além de professora, é também procuradora Regional da República, atuando no Ministério Público Federal (MPF). 

O podcast Voices of Academia tem como objetivo mostrar a importância da integração de professores e instituições acadêmicas nos esforços globais de combate à criminalidade, com pesquisas e embasamento científico na busca por políticas e saídas para questões de segurança pública. As discussões promovem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), defendidos pela ONU. Para quem quiser acompanhar, o programa está disponível nas plataformas: SpotifyApple Podcast e Google Podcast.

A edição em português teve como tema Gênero e Corrupção e, de acordo com Denise Abade, existe uma relação entre esses dois assuntos, sob a perspectiva de que o aumento da igualdade de gênero e a integração de um perspectiva de gênero nas políticas públicas podem ajudar a prevenir a corrupção. A professora dividiu a discussão com o professor Jónatas Machado, da Universidade de Coimbra, em Portugal, que discorreu sobre como a corrupção dificulta a busca pela igualdade de gênero, e como este crime afeta de formas diferentes homens e mulheres.

“Temos que reafirmar o Brasil como país que se destaca na comunidade acadêmica com sua atuação e inovação. Precisamos incluir nossas necessidades e transmitir nossas experiências para um foro mais amplo, deixarmos para trás qualquer postura de isolamento e reforçarmos, cada vez mais, o diálogo com a comunidade acadêmica internacional”, pontua a mackenzista.

Segundo ela, discutir a questão de gênero é importante para que os ODS sejam plenamente alcançados, e as pesquisas científicas possuem um importante papel nessa busca. “A educação e a pesquisa se espelham explicitamente em vários dos ODS, naqueles que as universidades têm um papel direto. Porém, a contribuição das universidades é muito mais ampla, já que podem apoiar tanto a implementação de cada um dos objetivos como a da própria estrutura deles”, conclui.

Publicado por Júlia Mayumi Oliveira


Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e informações:


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s