Laboratório de Estudos inicia 2021 com foco na proteção de dados e nos impactos da Reforma Tributária

[extraído de mackenzie.br]

A proteção de dados, a privacidade e a tributação da economia digital serão os focos do trabalho do Laboratório de Estudos Direito e Transformação Digital (LabDITD/Mack), da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília (FPMB), que retomará seu ciclo de reuniões e pesquisas em março de 2021, sob a coordenação do professor Rodolfo Tamanaha, docente do curso de Direito. Os dois temas aos quais o grupo se dedicará em 2021 são a interpretação e aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), principalmente a partir da atuação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), e as propostas de Reforma Tributária e seus impactos sobre os negócios digitais. 

A proposta do grupo, que neste mês completa um ano de vida, mas que teve as suas atividades suspensas em 2020 por conta da pandemia, é trabalhar em notas técnicas, relatórios, artigos científicos e na organização de seminários e eventos acerca de temas importantes sobre a relação entre a transformação digital e o direito.

“Estaremos focados em discutir, pesquisar e produzir documentos científicos para auxiliar no processo de adequação das empresas à nova legislação. A LGPD é um marco importante porque não apenas garante a segurança de dados dos clientes dessas organizações, como também assegura maior proteção aos bancos de dados e informações dos negócios”, explicou o professor. “No mesmo sentido, com a indicação de que a Reforma Tributária é um tema prioritário para o Governo Federal e para o Congresso Nacional, o LabDIDT/Mack buscará refletir academicamente sobre os efeitos de uma nova estrutura tributária sobre os negócios digitais, considerando que o aspecto tributário é um elemento central para qualquer modelo de negócios”, complementou. 

A LGDP regula os direitos dos indivíduos relativos a suas informações pessoais, e de que maneira empresas e entes públicos podem coletar e tratar esses registros. As empresas terão mais responsabilidades, como obter consentimento do titular, dar transparência às suas práticas de tratamento e assegurar níveis de segurança da informação para evitar vazamentos. Para fiscalizar seu cumprimento e definir normas infralegais, foi prevista a figura da Autoridade Nacional de Proteção de Dados, que já está em funcionamento.

“Além disso, continuaremos de olho nos impactos sofridos pelo ambiente profissional e de negócios causados pela utilização em massa das tecnologias da informação e comunicação. A economia como um todo está se digitalizando e todos os seus setores, sejam públicos ou privados, passam a formar a “economia digital”, que nada mais é do que a própria economia que se encontra em processo de transformação digital”, acrescentou o professor Rodolfo.           

Linhas de pesquisa

Inicialmente, o LabDITD/Mack concentrará esforços na linha de pesquisa Desafios relacionados à implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). O grupo se dedicará a pesquisar o tema da LGPD e seus impactos no setor público e privado, com o objetivo de realizar dois workshops temáticos (impactos da LGPD no setor público; e impactos da LGPD no setor privado). Entre os objetivos está o de realizar um estudo a ser entregue à ANPD. “Embora ainda seja necessário refletir mais sobre o objeto do estudo, aventa-se a possibilidade de realizar uma análise das experiências internacionais e uma reflexão sobre a melhor estrutura de aplicação de sanções pela ANPD”, comentou o professor Rodolfo.

O grupo igualmente acompanhará a tramitação das propostas de Reforma Tributária perante o Congresso Nacional, para avaliar os impactos que a mudança do Sistema Tributário Nacional poderá ter sobre as empresas de base tecnológica e as que se utilizam intensamente de tecnologia para produzir seus produtos e serviços.

Link original da matéria aqui.

Siga o JP3!

Instagram: @jornalpredio3

Facebook: fb.com/jornalpredio3


Mais notícias e informações


Jornal Prédio 3 – JP3 é o periódico on-line dos alunos e antigos alunos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, organizado pelo Centro Acadêmico João Mendes Júnior e a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie (Alumni Direito Mackenzie). Participe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s