O primeiro coletivo feminista formado por alunas do Direito Mackenzie celebra seu primeiro ano de existência.

Nota publicada pelas alunas comemora eventos e grande repercussão das atividades realizadas até agora, confira:

Há um ano atrás, algumas alunas do Direito Mackenzie se reuniram pela primeira vez em um encontro que seria marcado pela fundação do Coletivo Feminista Leolinda Daltro, uma organização sem precentes na história do Direito Mackenzie.

O dia 21 de agosto de 2017 foi marcado pelo início da construção da participação de alunas em todas as frentes do Direito Mackenzie, desde participações em eventos até mesmo presença em reuniões de entidades tradicionais da faculdade.

O Coletivo gostaria de parabenizar todas que contribuiram para que nossa voz fosse projetada nos quatro cantos do Mackenzie, agradecer cada aluna, professora, colaboradora, representante e integrante que tornou possível realizarmos tantos atos durante nosso primeiro ano de existência!

Nos orgulhamos de cada ato! Desde campanhas durante os Jogos Jurídicos, apoio em festas tradicionais da faculdade, denúncia de atos inadmissíveis, participação em diversas manifestações por direitos da mulher, integração e orientação de calouras, organização de palestras com temáticas focadas no direito da mulher, entre muitas outras atividades, tudo isso só aconteceu pelo apoio e suporte que sempre tivemos de alunas dispostas a doar tempo e muita dedicação na construção do Coletivo.

Parabéns especialmente para as meninas que incansavelmente nos cobram de fazer mais, ir além e lutar. Somos muito maiores juntas.

Nós por Nós.

Feliz aniversário, Leolindas!